Leo 

Garcia

Porto Alegre - RS – Brasil

Leo PB .jpeg

Longas-metragens

Em 2018, lançou nos cinemas dois longas que escreveu e produziu: a ficção comédia “Em 97 Era Assim” e o documentário “A Vida Extra-Ordinária de Tarso de Castro”, no qual também assina direção. Leo, ainda, escreveu o roteiro do drama histórico “Legalidade”, lançado no circuito comercial em 2019  e o longa "Depois de Ser Cinza" filmado no Brasil e na Croácia com estreia prevista para 2021.

 

Séries

Escreveu as séries “Sapore D’Italia”, “Bocheiros”, “Werner e os Mortos” e “Paralelo 30”. É criador, roteirista e produtor da série “A Bênção”, exibida no final de 2020 no Canal Brasil e disponível no Globoplay.

 

Prêmios

Destaque para o curta de animação “Ed”, selecionado para mais 100 festivais e com 27 prêmios (entre ele o Grande Prêmio Canal Brasil). Em 2014, Leo foi selecionado para o Berlinale Talents, prestigiado programa do Festival de Berlim. Com o roteiro do "Depois de Ser Cinza", Leo Garcia recebeu uma bolsa do IBERMEDIA e foi o único brasileiro a participar do II Encuentro Iberoamericano de Escritores Cinematográficos, realizado em junho de 2013 no México.

 

Projetos autorais

Cria e desenvolve projetos autorais - para mais informações, consulte a agência.

 

Outros

É o diretor-geral do FRAPA, o maior Festival de Roteiro da América Latina que acontece anualmente em Porto Alegre. Já ministrou cursos, oficinas e consultorias de roteiro em Porto Alegre, Lisboa, Montevidéu, Rio de Janeiro, Goiânia, Brasília, Aracaju, Curitiba e diversas cidades do interior do Rio Grande do Sul.

 

 

Formação

Mestre em "Roteiro de Ficção para Televisão e Cinema" - 2005-2006 - UPSA – Salamanca, Espanha.

Logo Linkedin.png
IMDB.png