Thays 
Berbe

São Paulo – SP – Brasil

Berbe 2_edited.jpg

Séries

 

Foi roteirista da série da Netflix “Sintonia”, criada por Kondizilla e produzida pela Los Bragas e atuou como roteirista colaboradora da série “Todxs Nós” da HBO, criada por Vera Egito, Daniel Ribeiro e Heitor Dhalia.

É criadora e foi roteirista da série ficcional infantil “Teatrar”, para TV Cennarium, além de ter sido roteirista da série “Nosso Mundo Zoo” da Discovery Kids, criada por Natalia Maeda e produzida pela Boutique Filmes.

Durante 1 ano esteve na rede Globo e trabalhou na segunda temporada da série “As Five”, de Cao Hamburguer para a Globoplay.

Também foi roteirista da série de não ficção “Conexão da Moda”, para E! Entertainment Television, onde escreveu 12 roteiros com temas ligados a este universo. Atualmente, trabalha como chefe de sala em uma série de ficção para streaming.

 

Longa-metragem

 É criadora do longa “Filha Da”, vencedor de um prêmio do Projeto Paradiso.

 

Prêmios

 Recebeu uma Bolsa Paradiso para cursar a maestría de Escrita Criativa da Escuela Internacional de Cine y TV de San Antonio de Los Baños, em Cuba, após um longa de sua autoria ter sido selecionado como vencedor entre cento e sessenta e dois projetos.

A série “Sintonia” foi vencedora do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro do ano de 2020, na categoria de melhor série, além de ter sido indicada ao Prêmio Platino e ao Prêmio Abra de Melhor Roteiro.

Com a série “Todxs Nós” foi campeã do Prêmio Abra de Melhor Roteiro de Comédia.

No ano de 2020, alcançou o segundo lugar no LATINX, Concurso de argumento de longa-metragem, com “EVA”, que está sendo adaptado para o formato série.

 Em 2021, foi finalista do primeiro laboratório de Narrativas Negras da Netflix como criadora de uma série de comédia.

 

Projetos autorais

Cria e desenvolve projetos autorais - para mais informações, consulte a agência.

 

Outros 

Escreveu contos na antologia “Não Pretendia Criar Discórdia”; lançada pelo museu Casa das Rosas e Editora Giostri, com edição de Reynaldo Damázio.

 Trabalhos de artes visuais publicados nos EUA pelas revistas WSQ Feminist  e The Brooklyn Rail. Selecionada para a Bienal Black Brasil e revista O Menelick.

 

Formação

Formou-se em Rádio e Televisão pela Universidade Belas Artes. Em 2021 concluiu a Maestria de Guion na EICTV, em Cuba.

Além disso, tem formação em Literatura pelo CLIPE, curso anual de preparação de escritores da Casa das Rosas.

IMDB.png