Fernando
Honesko

São Paulo - SP – Brasil

FH site.jpeg

Séries

Nos últimos dois anos chefiou a sala de roteiro de duas temporadas de uma crime-drama histórico de sua criação com outros parceiros para um streaming. A série está, atualmente, em pré-produção.

Criou, escreveu e dirigiu as séries de docu-ficção "Gigantes do Brasil" e "Mauá - O Primeiro Gigante", ambas para o History Channel. Ainda para o mesmo canal dirigiu a minissérie, também do gênero docu-ficção,"Mil Dias - A Saga da Construção de Brasília".

Todas essas minisséries foram baseadas em histórias reais com forte apelo para o entretenimento: “Gigantes do Brasil” foi um dos recordes de audiência da televisão fechada no Brasil naquele ano.

Ainda neste formato, que mistura ficção e realidade, dirigiu a série "Confissões Médicas", para o Discovery Channel, e a segunda temporada de "A Grande Luta", para o Cinemax.

Longas-metragens

Escreveu “Curral” em 2021, drama político pernambucano sobre os meandros das eleições no interior daquele estado, dirigido por Marcelo Brennand. Após a estreia na Mostra SP em 2020 e em salas em 2021, o filme está disponível na Netflix.

Escreveu em 2019 o longa de ficção “Youkali”, uma co-produção entre Abrolhos Filmes, Querosene Filmes e RT Features, e o longa Queda de Braço, uma comédia a ser produzida pela Chatrone, em captação.

Foi roteirista do longa-metragem “Asa Branca: A Voz da Arena”, cinebiografia do locutor de rodeios e celebridade dos anos 90 Waldemar Rui dos Santos, o Asa Branca. A direção será de Guga Sander numa co-produção da Sentimental Filmes e Ventre Studio, em captação.

 

Prêmios

Com Youkali foi selecionado para o Lab Varilux de Roteiros 2019, e com Queda de Braço foi semi-finalista do Concurso FRAPA de Roteiros de Longa-Metragens de 2020.

O filme “Curral” recebeu o prêmio de Melhor Contribuição Artística, no 46º Festival de Huelva, na Espanha.

A minissérie “Mil Dias: A Saga da Construção de Brasília”, que dirigiu, foi indicada ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2019 como Melhor Série Documental Brasileira.

Seu primeiro curta-metragem “Funeral à Cigana” foi vencedor de Melhor Trilha Sonora no 40º Festival de Gramado e ganhou o Prêmio Porta-Curtas no Festival do Rio de 2012, além de ter sido selecionado para mais de 40 festivais nacionais e internacionais.

 

Outros

Como jornalista, ganhou o Prêmio Abril de Jornalismo de 2014, pelo artigo para a National Geographic "Vizinhos Distantes”. E foi indicado ao mesmo prêmio pelo artigo "Luta no Campo", também para a National Geographic, em 2016.

Projetos autorais

Cria e desenvolve projetos autorais - para mais informações, consulte a agência.

 

Formação

Formado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina.

Bolsista para o Master (MFA) em Criação e Idealização de Audiovisuais, pela Università Cattolica de Milão, na Itália.

Fez diversos cursos de roteiro livres, destaque para "Formação em Roteiro" pela Roteiraria, "Oficina de Séries com Alan Kingsberg",  Barco, "Oficina de Séries Avançada com José Carvalho", da Roteiraria,"Story", com Robert McKee em 2009, e mais recentemente "Storytelling for Scripted TV" com John Yorke, pela MediaExchange.

IMDB.png